Tuesday 20 November 2018
Home      All news      Contact us      English
portalangop - 15 days ago

Moçambique: Presidente do parlamento condena casamentos prematuros

Maputo - A presidente da Assembleia da República de Moçambique, Verónica Macamo, considerou, na terça-feira, que a ocorrência de casamentos prematuros no país prejudica a emancipação da mulher e trava o seu desenvolvimento social e económico., Estas pr ticas constituem um rev s emancipa o da mulher, porque n o permitem a sua auto-supera o , afirmou Ver nica Macamo, falando num encontro com a embaixadora da Su cia em Mo ambique, Lena Sundh. A presidente da Assembleia da Rep blica assinalou que as raparigas que se casam prematuramente s o obrigadas a abandonar a escola, interrompendo o seu ciclo de desenvolvimento. Ver nica Macamo acrescentou que o debate sobre as consequ ncias negativas dos casamentos prematuros deve tomar em conta o sentimento e as expectativas das raparigas. E importante tocar o sentimento das pessoas, sobretudo quando estamos perante os casamentos prematuros e as gravidezes precoces , declarou Macamo. A Assembleia da Rep blica de Mo ambique est a impulsionar debates para o aumento da idade legal para casamento, visando remover a possibilidade de matrim nio aos 16 anos. A legisla o mo ambicana fixa a idade n bil m nima em 18 anos, mas abre excep o para o matrim nio aos 16 para casos considerados ponderosos, nomeadamente a gravidez. Milhares de raparigas com menos de 16 anos vivem maritalmente com homens adultos, principalmente nas zonas rurais de Mo ambique, normalmente em uni es arranjadas entre fam lias e sem terem em conta a vontade das adolescentes. ,

Related news

Latest News
Hashtags:   

Moçambique

 | 

Presidente

 | 

parlamento

 | 

condena

 | 

casamentos

 | 

prematuros

 | 
Most Popular (6 hours)

Most Popular (24 hours)

Most Popular (a week)

Sources