Wednesday 21 November 2018
Home      All news      Contact us      English
portalangop - 13 days ago

Garantidos 420 milhões de euros para investimentos em países africanos lusófonos

Joanesburgo - O governo português acautelou 400 milhões de euros de garantias no Orçamento do Estado para 2019 para alocar a projectos em quatro países africanos lusófonos, anunciou na África do Sul a secretária de Estado dos Negócios Estrangeiros., Teresa Ribeiro falava quarta-feira Lusa na cerim nia de assinatura da iniciativa multilateral de investimento do Banco Africano de Desenvolvimento (BAD), que organiza, em Joanesburgo, o F rum de Investimento para A frica. O acordo de entendimento - Compacto para os Pa ses Lus fonos - foi assinado entre o BAD, Portugal e quatro pa ses africanos de l ngua oficial portuguesa (PALOP) - Angola, Mo ambique, Cabo Verde e S o Tom e Pr ncipe. A iniciativa pretende promover 65 projectos no sector privado nos PALOP, assim como potenciais parcerias p blico-privadas (PPP), avaliados em mais de cinco mil milh es de d lares, que poder o ser apoiados pelo Compacto para os pa ses lus fonos em A frica, segundo o banco. Al m da verba anunciada, o banco de desenvolvimento portugu s (Sofid) prev tamb m garantir 20 milh es de euros para al m do instrumento financeiro de um aumento de capital que est em curso de finaliza o, em linha com o compacto , disse a governante. Esse um esfor o muito grande da parte do governo portugu s, portanto as garantias podem ir at 400 milh es, porque podem n o haver projectos suficientes para essa dimens o em termos de garantias, mas h aqui um forte compromisso de Portugal com este compacto , ressalvou a secret ria de Estado dos Neg cios Estrangeiros e Coopera o. A governante sublinhou que a iniciativa representa uma extraordin ria oportunidade para o desenvolvimento dos pa ses e para de uma forma consistente, coordenada e articulada, conseguirmos tamb m colocar as nossas empresas neste compacto, o que naturalmente muito importante para Portugal . Aquilo que queremos que todo este movimento do compacto se fa a tendo como p lo o sector privado e, naturalmente a mobiliza o do sector privado portugu s, para investir nos pa ses lus fonos do compacto, onde obviamente j temos uma actividade muit ssimo relevante que protagonizada pelas nossas empresas , declarou Lusa Teresa Ribeiro. A secret ria de Estado dos Neg cios Estrangeiros e Coopera o portuguesa adiantou que a mobiliza o e articula o de esfor os de natureza financeira decisivo para dar uma outra escala internacionaliza o das empresas portuguesas nos pa ses lus fonos e desse ponto de vista, como aqui foi dito hoje por v rios ministros lus fonos, um momento hist rico . E algo que nos faz olhar com enorme optimismo para este instrumento financeiro , comentou. Precisamos da ajuda ao desenvolvimento, sem d vida nenhuma, mas precisamos de investimento privado e precisamos de promover o com rcio, pois isso a nica maneira de propiciar desenvolvimento nestes pa ses , afirmou Teresa Ribeiro. ,

Related news

Latest News
Hashtags:   

Garantidos

 | 

milhões

 | 

euros

 | 

investimentos

 | 

países

 | 

africanos

 | 

lusófonos

 | 
Most Popular (6 hours)

Most Popular (24 hours)

Most Popular (a week)

Sources