Thursday 13 December 2018
Home      All news      Contact us      English
portalangop - 24 days ago

Partido Trabalhista vai chumbar acordo de saída do Reino Unido da UE

Londres - O partido Trabalhista, principal partido da oposição, vai chumbar o acordo negociado pelo governo britânico para a saída do Reino Unido da União Europeia e quer eleições antecipadas, afirmou hoje o líder, Jeremy Corbyn., Se a primeira-ministra incapaz de negociar um acordo que consiga ganhar uma maioria no parlamento e funcionar para o pa s todo, o plano alternativo do #39;Labour #39; pode e deve tomar o seu lugar , disse, no encerramento da confer ncia anual da organiza o patronal Confedera o da Ind stria Brit nica, em Londres.

A totalidade dos partidos da oposi o, dezenas de deputados do partido Conservador e at o Partido Democrata Unionista, cujos 10 deputados sust m a maioria do governo na C mara dos Comuns, j afirmaram a inten o de chumbar o texto, pondo em causa a necess ria aprova o no parlamento brit nico.

Corbyn argumentou a favor de um acordo sensato que garanta uma rela o forte com o mercado nico europeu e que mantenha os direitos dos trabalhadores, dos consumidores ou para a protec o do ambiente ao n vel dos estabelecidos pela UE

Defendeu ainda uma nova uni o aduaneira abrangente e permanente com um poder de decis o brit nico em futuros acordos comerciais que assegure que n o vai haver uma fronteira f sica na Irlanda do Norte e evite a necessidade da solu o mal negociada pelo governo .

O l der trabalhista admitiu que, se n o forem convocadas elei es legislativas, o partido Trabalhista mant m-se aberto a outras op es, incluindo alguma forma de voto p blico .

O que o #39;Labour #39; n o aceitar o cen rio da falta de acordo, garantiu, confiante de que nem o governo nem o parlamento apoiariam um caminho t o extremo e francamente perigoso e que preocupa os empres rios.

A amea a simplesmente n o realista. Se o governo acreditasse que a falta de acordo era uma op o genu na, teria feito preparativos s rios, mas n o fez , sublinhou.

A secret ria-geral da CBI, Carolyn Fairbairn, comentou na introdu o a Corbyn estar em em desacordo com muitos aspectos das propostas do partido Trabalhista, mas mostrou-se disposta a continuar a falar .

Antes, durante a tarde, criticou a interven o da primeira-ministra, que deu destaque ao controlo da imigra o como um dos maiores benef cios do #39;Brexit #39; e do acordo de sa da da UE.

No futuro j n o ser poss vel aos cidad os da UE, independentemente das compet ncias ou da experi ncia que t m a oferecer, poderem passar na fila frente dos engenheiros de Sydney ou dos programadores de inform tica de Deli , prometeu Theresa May.

A directora da CBI, organiza o que agrega cerca de 190 mil empresas, lamentou que o governo n o esteja a ter em conta as necessidades de empresas de trabalhadores com qualifica es menos elevadas, mas igualmente necess rias.

A livre circula o de pessoas est a acabar e um novo sistema de imigra o representa uma mudan a s smica, a que as empresas em todo o pa s precisam de tempo para se adaptar. Uma falsa escolha entre trabalhadores com qualifica es altas e baixas privaria empresas, desde construtoras de casas a prestadoras de cuidados de sa de, de compet ncias vitais que elas precisam para prosperar , enfatizou. ,

Related news

Latest News
Hashtags:   

Partido

 | 

Trabalhista

 | 

chumbar

 | 

acordo

 | 

saída

 | 

Reino

 | 

Unido

 | 
Most Popular (6 hours)

Most Popular (24 hours)

Most Popular (a week)

Sources