Wednesday 19 December 2018
Home      All news      Contact us      English
portalangop - 14 days ago

Primeira-ministra britânica acusada de enganar Parlamento sobre acordo do Brexit

Londres - A primeira-ministra britânica, Theresa May, foi acusada nesta quarta-feira (5) de ter enganado o Parlamento cada vez mais beligerante sobre as implicações do seu acordo do Brexit, cujos rumos podem ser alterados após dois duros golpes sofridos pelo governo., Em declara es a AFP, o deputado Ian Blackford, do Partido Nacionalista Escoc s (SNP), disse que desde que ela voltou de Bruxelas com o seu acordo, a primeira-ministra vem enganando a C mara - involuntariamente, ou n o . Chegou a hora de ela assumir a responsabilidade por ter escondido os factos , acrescentou. Referiu-se igualmente mo o de desacato , aprovada na v spera pelo Executivo, por ter-se recusado a fornecer na ntegra os relat rios jur dicos sobre o acordo negociado com Bruxelas e que deve ser rejeitado em 11 de Dezembro. Ap s perder essa mo o, antes de iniciar cinco dias de debates acalorados, o governo se viu for ado a revelar informa es que classificava como confidenciais. O acordo assinado por May com os 27 s cios europeus prev um complexo sistema denominado backstop , ou rede de seguran a , para evitar instaurar uma fronteira dura entre a prov ncia brit nica da Irlanda do Norte e a Rep blica de Irlanda. O relat rio jur dico mostrou que a Irlanda do Norte poderia ser mantida indefinidamente no mercado nico europeu, se n o for poss vel negociar uma melhor solu o no quadro da futura rela o entre o Reino Unido e a Uni o Europeia. A primeira-ministra deve explicar por que ela continua a negar Esc cia os direitos e oportunidades que o acordo oferece para outra parte do pa s, lan ou Blackford, cujo partido pr -europeu. Dois anos depois de rejeitar a independ ncia do Reino Unido, a Esc cia votou maci amente contra o Brexit (63%) no referendo de Junho de 2016, quando o pa s decidiu deixar a UE por 52% dos votos. Vamos sair da UE como Reino Unido em seu conjunto e negociaremos como Reino Unido em seu conjunto , disse May, pedindo novamente para aprovar o seu acordo sob risco de um Brexit brutal em 29 de Mar o. - #39;Perdeu o controlo #39; - As consequ ncias legais do backstop tamb m indignaram o pequeno partido unionista da Irlanda do Norte, DUP, de cujos 10 deputados o governo de May depende para sobreviver. E totalmente inaceit vel (...). Tem que ser derrotado, e novas condi es devem ser negociadas , disse um dos seus l deres, o deputado Nigel Dodds. O acordo firmado pelo governo brit nico com os seus 27 parceiros europeus choca com a oposi o dos eur filos, que v em condi es piores do que as actuais, bem como com os euroc pticos, convencidos de que fazem concess es inaceit veis UE. Muitos destes ltimos est o nas fileiras do Partido Conservador de May. E foi exactamente da que veio o segundo golpe enfraquecida primeira-ministra na ter a-feira: o ex-procurador-geral Dominic Grieve apresentou uma emenda, aprovada por 321 votos contra 299, para que o Parlamento possa determinar o que acontece, se o acordo for rejeitado. Se May perder a vota o hist rica na pr xima semana, o seu governo tem um prazo de 21 dias para informar os legisladores sobre o que ela planeia fazer. Entre as muitas op es, est o: negociar novamente com a UE, deixar o bloco em 29 de Mar o sem acordo, convocar elei es legislativas antecipadas, ou organizar um novo referendo. O que quer que o Executivo decida, os deputados poderiam aconselhar o contr rio e, embora a sua emenda n o seja vinculativa, seria politicamente dif cil para a primeira-ministra ignorar a opini o maiorit ria da C mara. O dia em que May perdeu o controlo , afirmou o jornal Daily Telegraph nesta quarta-feira. May sofre pior derrota para os deputados em 40 anos , insistiu The Times . ,

Related news

Latest News
Hashtags:   

Primeira

 | 

ministra

 | 

britânica

 | 

acusada

 | 

enganar

 | 

Parlamento

 | 

sobre

 | 

acordo

 | 

Brexit

 | 
Most Popular (6 hours)

Most Popular (24 hours)

Most Popular (a week)

Sources