Monday 9 December 2019
Home      All news      Contact us      English
club-k.net - 23 days ago

Mais de 200 alunos abandonam as aulas no Porto Amboim para ganhar dinheiro

Luanda - Duzentos e dois dos 354 alunos da primeira e segunda classe da escola 17 de Setembro, no bairro da Icuacua, município do Porto Amboim (Cuanza Sul), abandonaram as aulas nos últimos dois meses. Fonte: Angop Segundo constatou a Angop, os alunos abondanam a escola para praticar outras actividades como pesca, agricultura e pasto de gado, na maior parte dos casos sob orientação dos encarregados de educação.   O encarregado de educação Manuel João confirmou que as crianças preferem ganhar algum dinheiro com estas actividades, visto que são de famílias muito pobres.   Maria dos Anjos, também encarregada de educação, ressaltou que muitas crianças vão a escola sem comer nada e preferem ajudar os pais nas lavras para obter algum sustento.   Ciente da situação, o Sindicato Nacional dos Professores no Cuanza Sul concebeu um projecto denominado “ Pesca Uma escola” , que visa persuadir os encarregados de educação e a comunidade a incentivar os seus educandos a regressar a escola para terminarem o ano lectivo e matricularem-se no próximo ano lectivo.   A coordenadora do projecto, Ana Pérez, disse que a situação afecta fundamentalmente crianças da primeira e segunda classe, registando um abandono na ordem de 57 porcento, ou seja dos 354 alunos apenas restam 152 nas salas de aula.   Explicou que a localidade do Icuacua é próxima ao rio Queve onde muitos recorrem à pesca, pratica-se a pastorícia e a cultura da batata-doce, que facilmente atrai os menores.   O projecto assenta na construção de três salas de aula, trabalho com a comunidade para a formação dos professores nos domínios da resolução de conflitos sociais e desenvolvimento comunitário para manter as crianças na sala de aula , avançou.   O secretário provincial do Sindicato Nacional dos Professores (SINPROF) no Cuanza Sul, Manuel Joaquim Calumbo, avançou que o projecto vai ser implementado durante dois anos.   Mobilizamos recursos financeiros e ajudas em material de construção para erguer três salas de aula, áreas administrativas e outras para dar uma maior dignidade ao professor e aos alunos”, acrescentou.   O director do Gabinete Provincial da Educação no Cuanza Sul, Carlos de Brito Teixeira, reconheceu a existência de abandonos dos alunos por problemas sociais, tendo avançado que o projecto do SINPROF vai mitigar a situação.

Related news

Latest News
Hashtags:   

alunos

 | 

abandonam

 | 

aulas

 | 

Porto

 | 

Amboim

 | 

ganhar

 | 

dinheiro

 | 
Most Popular (6 hours)

Most Popular (24 hours)

Most Popular (a week)

Sources