Wednesday 19 February 2020
Home      All news      Contact us      English
portalangop - 5 days ago

Lula elogia postura do Papa Francisco contra desigualdade

Cidade de Vaticano - O antigo presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, elogiou a postura de alento na defesa dos trabalhadores e na denúncia de desigualdades do Papa Francisco, com quem se encontrou esta quinta-feira, noticiou a Lusa., Quando o Papa Francisco toma a atitude de fazer um encontro em Assis (cidade italiana) para discutir desigualdade, chamando milhares de jovens, para discutir a nova economia do mundo, acho que uma decis o de alento do Papa, que toca num assunto vital ao futuro dos trabalhadores do mundo inteiro , disse Lula da Silva. Numa breve declara o imprensa na sede do maior sindicato italiano (Confedera o Geral Italiana do Trabalho), ap s o encontro com o l der da Igreja Cat lica, no Vaticano. O ex-chefe de Estado brasileiro referia-se ao f rum proposto pelo Papa Francisco na cidade italiana de Assis que, entre 26 e 28 de Mar o, vai reunir jovens empres rios e estudantes de todo o mundo para idealizar um novo modelo s cio-econ mico. O objectivo de Lula da Silva no primeiro encontro com o Papa era discutir temas como a luta contra a fome ou a protec o dos mais pobres, o que se concretizou. Esta foi a primeira viagem ao estrangeiro do antigo chefe de Estado do Brasil ap s sair da pris o em Novembro passado, onde esteve 580 dias condenado por corrup o. Ap s a reuni o, de uma hora, na Casa Santa Marta, Lula disse ter ouvido do Papa o desejo de querer fazer coisas que sejam irrevers veis, que fiquem para sempre no seio da sociedade . Segundo o ex-presidente, a iniciativa de Francisco de estimular a juventude a discutir a nova economia do mundo uma necessidade: Isso deve servir de exemplo para o movimento sindical, para outras igrejas e para os partidos pol ticos do mundo inteiro . O mundo est a ficar mais desigual e a maioria dos trabalhadores est a perder direitos. (...) Muitas das conquistas que tivemos no s culo XX est o a ser derrubadas pela gan ncia dos interesses empresariais e financeiros , indicou o hist rico l der do Partido dos Trabalhadores (PT). Lula recordou os encontros do G20 (maiores economias do mundo) em que participou ap s a crise financeira global de 2008 e garante que, at agora, nada do que foi planeado se concretizou. Todas as decis es que tom mos, envolvendo interesses dos trabalhadores, desenvolver os pa ses mais pobres, nada disso aconteceu , garantiu o ex-governante. Lula da Silva disse ainda que as quest es ambientais foram um dos principais temas que abordou com o Papa Francisco. N s estamos a perceber que h uma m vontade, apesar dos discursos dos governantes, em se preocuparem com a quest o ambiental. (...) Muito se fala em energia alternativa, no degelo do Polo Norte, mas pouco tem sido feito. (...) Enquanto a gasolina e o petr leo forem baratos, n o h interesse em mudar a matriz energ tica da maioria dos pa ses , afirmou Lula imprensa. O ex-presidente declarou ter ficado muito satisfeito com o encontro, referindo que se todo o ser humano, ao atingir 84 anos, tiver a for a, a disposi o e a garra que ele tem de levantar temas instigantes para o debate poder o ser encontradas solu es mais f ceis . Questionado se abordou a quest o do Governo do actual presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, no encontro, Lula da Silva afirmou que n o podia vir aqui para discutir sobre Bolsonaro . Luiz In cio Lula da Silva visitou v rias centrais sindicais em It lia e planeia regressar ao Brasil hoje, sexta-feira. A audi ncia do ​​​​​​​ex-presidente brasileiro com Francisco foi interm dia da pelo chefe de Estado da Argentina, Alberto Fern ndez. ,

Related news

Latest News
Hashtags:   

elogia

 | 

postura

 | 

Francisco

 | 

contra

 | 

desigualdade

 | 
Most Popular (6 hours)

Most Popular (24 hours)

Most Popular (a week)

Sources