Sunday 28 February 2021
Home      All news      Contact us      RSS      English
voaportugues - 8 days ago

Tribunal de apelações de Moscovo mantém sentença de prisão para opositor russo

Um tribunal de Moscovo rejeitou no sábado o recurso do líder da oposição Alexey Navalny de uma sentença de prisão de três anos por supostamente violar os termos da liberdade condicional de uma sentença suspensa de 2014 por acusações de peculato. Navalny, o crítico mais proeminente do Kremlin, afirma que o caso contra ele é politicamente motivado. Ele pediu ao juiz que ordenasse a sua libertação, referindo-se a uma decisão do Tribunal Europeu dos Direitos Humanos de que o caso era infundado e ordenando que a Rússia o libertasse. Moscovo rejeitou esse pedido como ilegal. O juiz do tribunal de apelação, Dmitry Balashov, no entanto, decidiu contar as seis semanas de prisão domiciliar de Navalny como tempo cumprido. Navalny cumprirá o resto da pena, pouco mais de 2 anos e meio, numa colónia penal. Mais tarde no sábado, Navalny também deve comparecer ao tribunal em um caso de difamação, por supostamente caluniar um veterano da Segunda Guerra Mundial. Se condenado, ele enfrentará uma multa ou serviço comunitário. Navalny foi preso em 17 de Janeiro ao retornar da Alemanha para Moscovo, após uma longa recuperação de um ataque de envenenamento quase letal que ele e nações ocidentais atribuíram ao governo do Presidente Vladimir Putin. As autoridades russas negaram qualquer envolvimento no incidente e recusaram-se a investigar a tentativa de assassinato, alegando falta de provas. A detenção de Navalny levou milhares de seus apoiantes a tomarem as ruas da Rússia para exigir a sua libertação imediata. A polícia russa prendeu vários milhares de manifestantes. Os Estados Unidos e os seus aliados europeus condenaram a detenção de Navalny e a agressiva resposta russa contra os manifestantes.


Latest News
Hashtags:   

Tribunal

 | 

apelações

 | 

Moscovo

 | 

mantém

 | 

sentença

 | 

prisão

 | 

opositor

 | 

russo

 | 

Sources